Existe Obeso Metabolicamente Saudável?

Embora muitos profissionais sejam contra essa terminologia, obeso metabolicamente saudável se refere ao indivíduo obeso que não possui complicações metabólicas adicionais ou comorbidades que tragam prejuízos a saúde (Lembre-se que a concepção de saúde envolve fatores fisiológicos, psicológicos e socioeconômicos) . Embora pareça paradoxal, pois estar obeso é estar doente (obesidade é considerada uma doença inflamatória de baixo grau) o fato de não possuir complicações é de extrema importância, visto que embora o ganho de peso seja o gatilho, existem condições fisiológicas (nível de inflamação, desbalanço hormonal, acometimento cardiovascular) que independentemente da massa adiposa aumentada, quando não expressas, ou seja, não presentes podem ser consideradas do ponto de vista metabólico e clínico, um bom indicador de saúde. É como se um carro, por mais velho que seja, ainda funcionasse adequadamente.

Leia também:

Lipoaspiração Melhora o Metabolismo?

O Que Emagrece Mais? Exercício Aeróbio ou Musculação?

Efeito Iô Iô: Por Que Engordamos Novamente O peso Perdido?

Prova disso é o estudo publicado essa semana que demonstrou que obesos metabolicamente saudáveis [sem presença de dislipidemia (perfil lipídico alterado: baixo HDL, alto LDL e triglicérides), hipertensão ou diabetes] não apresentam diferenças significativas na perfusão coronariana (quantidade de sangue que nutri o músculo cardíaco), considerado um bom marcador de saúde cardíaca, quando comparados ao grupo controle não-obeso saudável.

Contudo, esse achado não foi visto para pessoas com IMC>40kg/m² (obesidade grau 2). 

Em contrapartida, a capacidade ou aptidão cardiorrespiratória de obesos metabolicamente saudáveis se mostrou baixa, ou seja, mesmo apresentando um “metabolismo estável” esses indivíduos tem baixa tolerância ao esforço do exercício, que infere a grande necessidade de melhora desse componente, mesmo não apresentando comorbidades. Portanto, por maior que seja seu peso corporal é necessário melhorar sua aptidão física, visto que naturalmente envelhecemos e com isso vamos também naturalmente reduzindo algumas valências físicas o que associado ao peso aumentado repercutirá negativamente em nossa saúde!

Não perca tempo, procure um personal para lhe auxiliar.  

Referência:

De Lorenzo A et al. “Metabolically healthy” obesity: Prevalence, clinical features and association with myocardial ischaemia. Obes Res Clin Pract. 2016 Sep 13

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *