Muitas Refeições Diárias Aumentam o Metabolismo?

Realizar muitas refeições diárias aumenta o metabolismo? A resposta é não!

A taxa metabólica diária (o quanto de energia seu corpo precisa diariamente para manter o seu peso corporal) é intimamente associado a 3 fatores: Taxa metabólica de repouso (energia necessária pra manter suas funções vitais, cuja quantidade de massa muscular é o principal “consumidor de energia”). Efeito termogênico dos alimentos e gasto energético oriundo da prática de exercícios físicos. São esses fatores que vão determinar se você irá engordar ou emagrecer.

Aumentar o número de refeições ao longo do dia, não demonstra ser um ativador metabólico. É o que o consenso publicado na International Society of Sports Nutrition relata. Além disso, o aumento da frequência de refeições não demostra ser capaz de mudar a composição corporal. Massa muscular e percentual de gordura em indivíduos sedentários. Porém, contudo, entretanto, todavia, Meta análise atual de Schoenfeld, demonstrou que em se tratando da morfologia corporal de indivíduos atletas ( Você sabe o que é ser atleta?) o consumo de 5 ou mais refeições mostra-se capaz de melhorar a massa muscular e de gordura. Apesar de apresentar limitações como: estudos com indivíduos sedentários, cercamento do consumo de proteínas e análise do efeito térmico dos alimentos e relação com apetite.

Antes de continuar o post, gostaria de fazer um convite. A Citius montou um programa completo de emagrecimento. Feito para você que quer emagrecer de forma simples, eficiente e para sempre. Clique na imagem abaixo e confira:

ENTRETANTO, em pessoas que não são ATLETAS, o aumento da frequência de refeições diárias mostra-se capaz de ajudar a diminuir a fome e melhorar o controle orexígeno (apetite). Além disso, apresenta efeito positivo na melhora dos níveis de insulina e colesterol total, especialmente na redução de LDL. Ademais, caso o consumo de #proteínas esteja ajustado, o aumento de refeições durante períodos de  dietas hipoenergéticas pode ajudar a preservar contra a perda de massa muscular.

É importante que profissionais (educador físico, nutricionista, médico) que trabalham com pessoas cujo objetivo seja principalmente emagrecimento e melhora da composição corporal, entendam de fato quais são os principais mediadores das respostas metabólicas para que as intervenções sejam eficientes, seguras, saudáveis e individualizadas.

 Referência:

Schoenfeld BJ et al.Effects of meal frequency on weight loss and body composition: a meta-analysis. Nutrition ReviewsVR Vol. 73(2):69–8214 January 2015 La Bounty et al. International Society of Sports Nutrition position stand: meal frequency. J of ISSN, 2011, 8:4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *