Dietas Baseadas Em Alimentos Naturais E De Baixo Carboidrato Para Atletas De Alto Rendimento

O post de hoje não é um estudo recente que saiu no meio científico. Mas sim, um relato prático muito interessante publicado no jornal britânico, The Telegraph.

Antes de falarmos da publicação, gostaria de saber se você conhece o Tour de France? É a principal competição de ciclismo do mundo. Onde estão os melhores atletas dessa modalidade, são 21 etapas que ocorrem durante 23 dias. Siiiim, apenas dois dias de descanso. E neste ano, no Tour de 2016 foram percorridos 3.529km (média de 168km/dia). Onde os atletas gastam algo em torno de 6.000 kcal diárias. Ou seja nobre leitor, os caras são MUTANTES, competem por quase um mês em altíssima intensidade. Tal tarefa não é para um simples mortal como nós.

Ao ver esse tipo de competição, sempre fica aquela curiosidade, como é o treinamento desses atletas? As forma de recuperação pós-treino? A alimentação durante a competição e durante os treinos? Para uma dessas perguntas, o Dr. James Morton, chefe de nutrição da equipe Sky, nos da resposta! Para quem acompanha o mundo do ciclismo, sabe que a equipe sky é a mais forte do pelotão; E nesse tour não foi diferente, o seu principal atleta Christopher Froome, capitão da equipe, se consagrou tricampeão da competição.

Dr. James Morton afirma que promove uma abordagem com alimentos naturais. Segundo ele: “Nossos atletas consomem alimentos que crescem no solo ou em árvores e proteínas de fontes naturais. Eles precisam de energia, mas também precisam estar magros e saudáveis, com um sistema imunológico forte. Uma dieta natural é a melhor forma de conseguir isso”.

As refeições da equipe sky são baseadas em  carboidratos naturais como arroz, quinoa, batata doce, proteínas como salmão, atum, frango, carne vermelha e ovos, além de muitas frutas e legumes coloridos. Segundo Dr. Morton os atletas costumam consumir também smoothies de frutas com iogurte grego e suco de hortaliças como couve, espinafre e brócolis.

Dr. Morton afirma que as gorduras fazem parte do menu: “Os atletas consomem ovos, leite, iogurte grego, nozes, azeite de oliva, abacate e carne vermelha, promovendo uma mistura natural de gorduras saturadas e insaturadas”, segundo o mesmo “A gordura é importante para tudo, desde a liberação de energia até a saúde dos músculos e imunidade”. Um típico prato de jantar dos atletas é salmão com quinoa e salada com abacate e tomates.

Os ciclistas consomem sempre bastante aipo e beterraba, que são ricos em nitrato (já falamos sobre isso aqui) e aumentam o fornecimento de oxigênio para os músculos!

Durante os meses que antecedem o tour, Dr. Morton orienta que os atletas “periodizem” a ingestão de carboidratos, comendo mais nos dias de treino duro e cortando em dias menos ativos, eles rotineiramente treinam na parte da manha depois de comer um omelete rico em proteínas em vez de algo cheio de carboidratos para incentivar seus corpos a queimar gordura como combustível.
 
E você ai nobre guerreiro, achando que tem que consumir rios de suplementos e os famigerados géis de carboidrato sempre não é?

Referência:

http://www.telegraph.co.uk/men/recreational-cycling/how-to-eat-like-a-tour-de-france-cyclist/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *