O Poder Anabólico dos Micronutrientes

Você conhece o poder anabólico de certos micronutrientes? Ou quando falamos em anabolismo você só pensa em proteínas?

O catabolismo muscular é encarado para os marombeiros como a água benta em cima dos vampiros.  Contudo estados fisiológicos exacerbam as respostas catabólicas da massa muscular, levando o individuo a perda de volume muscular, força e consequentemente capacidade funcional para o movimento e atividades da vida diária.

O consumo de nutrientes adequados a necessidade energética e composição corporal é uma das vias capazes de modular a hipertrofia muscular e inibir esse catabolismo muscular, mesmo em estados patológicos ou durante o envelhecimento. Já sei, está achando que lá vamos nós falar sobre batata doce com frango, ovo, whey protein e blablabla. Bom, hoje o foco não será os macronutrientes e sim os micronutrientes anabólicos!

Leia também:

Comer Ovo Faz Bem?

Dietas com Mais Proteínas São Suficientes para Hipertrofia?

Ué, existe isso? Indiretamente, alguns deles são considerados verdadeiras vitaminas e minerais anabolizantes. Calma! Nada de bombas, pense em alimentação! Embora, pouca relação tenha sido encontrada sobre o ganho de força muscular, o consumo de vitamina D tem sido associado com a redução de miopatias (doenças musculares) e osteopenia (perda de massa óssea), dois dos principais componentes envolvidos na modulação da hipertrofia muscular.

Se pensarmos que a ferrugem de nosso corpo é capaz de oxidar nosso motor, como conseguiremos portanto aumentar a potência e força dele, se não reduzirmos os agentes que produzem esse desgaste? O estresse oxidativo tem sido considerado um dos principais mediadores a longo prazo das reações bioquímicas. Que causam a redução da capacidade anabólico do músculo e elevam a capacidade de catabolismo muscular. As espécies reativas de oxigênio, quando exacerbadas, levam ao dano celular a nível de DNA, tanto de lipídeos quanto de proteínas. Contudo o consumo adequado de vitamina C, E, carotenoides e selênio, promovem o arcabouço necessário para potencializar as defesas antioxidantes. Que irão otimizar enzimas (superoxido dismutase/glutationa peroxidase) que combatem os agentes enferrujantes de seus músculos torneados a lapidados com o martelinho de THOR!

Procure um nutricionista e ajuste/adeque sua dieta para os micronutrientes! Eles podem ser os responsáveis tanto pela melhora de sua saúde como um todo, quanto para evoluir sua musculatura!

Referência:

Kim JS, Wilson JM, Lee SR. Dietary implications on mechanisms of sarcopenia: roles of protein, amino acids and antioxidants. J Nutr Biochem. 2010;21(1):1–13.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *