Como o Exercício Físico pode Regular a Apetite?

Qual o papel do exercício físico para regular a apetite?

O hormônio leptina liberado predominantemente pelo tecido adiposo é um importante mediador central na regulação do apetite. Em indivíduos obesos, a maior liberação desse hormônio induz a resistência a sua ação. Principalmente no hipotálamo e consequentemente desencadeia respostas patológicas quanto a sua função primária!! O que leva o indivíduo a apresentar menor saciedade, maior fome e apetite e consequentemente aumento do consumo alimentar.

O exercício físico é uma importante ferramenta para a modulação e equilíbrio das respostas ligadas a esses comportamentos alimentares. Especialmente por melhorar a eficiência e quantidade da leptina no corpo.  

Para avaliar os possíveis efeitos da liberação da leptina mediada pelo exercício físico, 16 obesos (8 mulheres e 8 homens, IMC±35,9 kg/m²) divididos em grupo A (4 mulheres e 4 homens realizando exercícios aeróbios: 30min a 70%FC, 2x p/ dia, 6x/SEM) e grupo B (4 mulheres e 4 homens realizando exercício aeróbico+anaeróbio: 25 min 70%FC + 5min a 85%FC, 2x p/ dia, 6x/SEM) ao longo de 4 semanas.

leia também:

Fome ou Vontade de Comer?

Beber Água Emagrece?

Quais Exercícios devo Fazer com O Objetivo de Emagrecimento?

Os resultados mostraram que a perda de gordura no grupo B (aeróbico+anaeróbio) foi maior que o grupo A (-7,4 kg vs -2,6 kg). Entretanto os níveis de leptina diminuíram mais no grupo aeróbio (-60%) em relação ao anaeróbio.

Você deve estar se questionando, não interessa, o que importa é a queima de gordura! E o aeróbico queimou menos. MIGA SUA LOCA, calma!

Lembre-se que a obesidade é uma doença sistêmica e que a morfologia corporal é apenas uma consequência da desordem metabólica e hormonal da obesidade ( PRINCIPAL FATOR!!!!). A perda de peso abrupta num curto espaço de tempo faz o corpo entender que a perda de gordura foi um “acidente”, visto que seu corpo apresenta um aumento do tecido adiposo sustentado durante anos, e isso orquestra o comportamento das interações hormonais do seu metabolismo. Muito provavelmente, seu corpo vai quere reaver esse “peso perdido”, como? Entre outros aspectos, aumentando seu apetite e fome, o que independentemente do peso perdido, pode estimular outras vias a reganhar o peso perdido.

Mantenha-se sempre ativo e alimentando-se adequadamente, contudo entender a fisiopatologia da doença, lhe dará maior entendimento sobre o comportamento do ganho de peso e não ache você que é tão fácil emagrecer! Aos profissionais atentem-se a humanização da assistência e não culpem seus clientes por não alcançar os objetivos pretendidos ou pior regredir do emagrecimento conquistado ao reganho do peso. Fica a dica!

Referência:

A. Salvadori et al. Leptin Level Lowers in Proportion to the Amount of Aerobic Work After Four Weeks of Training in Obesity. Horm Metab Res 2015; 47: 225–231

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *