Por que Treinar a Noite É Melhor?

Antes de argumentar que seu treino matinal é ótimo e revigorante, entenda que o melhor horário é aquele em que você pode. E sempre o sedentarismo será o pior fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardio metabólicas. 

Contudo em se tratando de aspectos fisiológicos, um estudo desenvolvido pelo Clinical Research Center of the University of Chicago, mostrou que: indivíduos que se exercitavam a noite apresentaram significantemente maiores níveis de tireotrofina e cortisol. Consequentemente maiores reduções nos níveis de glicose sanguínea quando comparados a ao exercício físico realizado durante outros períodos do dia. Segundo os autores, esses sinais indicam que o metabolismo podem apresentar uma maior atividade em determinados períodos do dia. E que praticantes e atletas podem se aproveitar disso para otimizar o rendimento. 

O ritmo circadiano, conhecido popularmente como relógio biológico ou biorritmo. Forma como nosso corpo regula hormônios, temperatura corporal, ritmo cardíaco e outras funções essenciais é capaz de influenciar o quão alerta (ou sonolenta) uma pessoa se sentirá em determinados momentos das 24h do dia. Via atividade neuroendócrina: por exemplo cortisol, adrenalina, melatonina. Isso teve/tem um papel evolutivo metabólico muito importante, e pode variar conforme hábitos de vida e comportamento. 

Entretanto entenda que em relação a prática do exercício físico, esse não é o maior determinante dos melhores resultados quanto a prática. De fato, quem irá potencializá-lo será as estratégias adotados pelo educador físico principalmente quando aliada a assiduidade do praticante ao treinamento. Não esqueça disso!

Referência:

Buxton, OM et al. Exercise elicits phase shifts and acute alterations of melatonin that vary with circadian phase. Am J Physiol Regul Integr Comp Physiol 284: R714–R724, 2003.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *