Ganhar Massa Muscular Emagrece?

Sim, ganhar massa muscular emagrece! Rápido, ligeiro e rasteiro!

Nossa composição corporal dita o comportamento de vias metabólicas importantes no processo de perda de peso, como as hormonais e inflamatórias.

O tecido adiposo aumentado (principalmente o visceral) é considerado o maior agente inflamatório que existe…E a blogueira dizendo que é o leite ou o ovo né? Nossos avós ficam doidos com essa geração nutella de hoje em dia!

Leia também:

Para Emagrecer, Preciso Perder Peso?

Quanto o EPOC do Exercício Físico Contribui para O Emagrecimento?

Efeito Iô Iô: Por Que Engordamos Novamente O peso Perdido?

Diante disso, ao reduzir seu percentual de gordura, naturalmente você está desinflamando seu corpo e em contrapartida está aumentando a sensibilidade com que os seus hormônios coordenam seu metabolismo, tais quais, insulina e leptina (entrada de glicose na célula de gordura e músculo e a sinalização para a fome no seu hipotálamo).

Paralelamente, ganhar massa muscular além de liberar hormônios anti-inflamatórios que ajudam ainda mais a desinflamar, aumenta a atividade enzimática e proteicas das células musculares que queimam a gordura (sim a gordura é queimada no músculo e por isso termogênicos não emagrecem! Chupa termo pokemon fat burn astralopitecus).

Portanto, pense em aumentar a massa muscular e desinflamar seu corpo através da melhora da composição corporal! Isso te levará ao emagrecimento com saúde e linearidade, reduzindo as chances do reganho de peso.

Referências:

Rosenbaus M, Vanderborne K, Goldsmith R, et al. Effects of experimental weight perturbation on skeletal muscle work efficiency in human subjects. Am J Physiol Regul Integr Comp Physiol. 2003;285(1):R183-R192.
Goldsmith R, Joanisse DR, Gallagher D, et al. Effects of experimental weight perturbation on skeletal muscle work efficiency, fuel utilization, and biochemistry in human subjects. Am J Physiol Regul Integr Comp Physiol. 2010;298(1):R79-R88.
Baldwin KM, Joanisse DR, Haddak F, et al. Effects of weight loss and leptin on skeletal muscle in human subjects. Am J Physiol Regul Integr Comp Physiol. 2011;301(5):R1259-R1266.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *